Simplesmente o melhor

O post anterior, sobre Excelência, falou em ser o “melhor do mundo”.

Isso pode causar alguma confusão, porque eu não tenho a menor condição de ser o melhor do mundo em alguma coisa!

Esclarecendo. Seja o melhor do mundo, não para o mundo inteiro, mas para a parte do mundo impactada pela sua presença.

É o mesmo sentido de “Você é a melhor mãe do mundo”, ou “você é o melhor amigo do mundo”. Não existe, nunca existirá e nem faz sentido existir um concurso para escolher a melhor mãe do mundo. A minha mãe é a melhor mãe do mundo para o meu mundo, e isso é suficiente.

Não tente imitar outras pessoas, porque a única forma de ser o melhor do mundo é sendo autêntico ao seu próprio ser.

Seja a melhor versão possível de si mesmo neste mundo.

“O Tejo é mais belo do que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo do que o rio que corre pela minha aldeia,
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia”

Alberto Caieiro, um dos heterônimos de Fernando Pessoa

“Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer dividir este planeta e esta época com você.” — Carl Sagan

Trilha sonora: Simply the best — Tina Turner

Originally published at https://ideiasesquecidas.com on May 9, 2021.

Project Manager on Analytics and Innovation. “Samurai of Analytics”. Passionate about Combinatorial Optimization, Philosophy and Quantum Computing.

Project Manager on Analytics and Innovation. “Samurai of Analytics”. Passionate about Combinatorial Optimization, Philosophy and Quantum Computing.